Cuiabá (MT), 24 de fevereiro de 2018 - 19:32

? ºC Cuiabá - MT

Contato DestaqueVip (65) 9.9600-2060

Notícias

24/01/2018 15:58

Justiça bloqueia R$ 15 milhões de Silval e ex-secretários em ação por desapropriação

A juíza Célia Regina Vidotti, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Popular, determinou o bloqueio de bens no valor de até R$ 15 milhões do ex-governador Silval Barbosa, dos ex-secretários Pedro Nadaf, Marcel Cursi, Arnaldo Alves, do procurador aposentado Chico Lima, do ex-chefe de gabinete, Silvio Cesar, do advogado Levi Machado e do empresário Filinto Muller.

 

Segundo informações divulgadas pelo site Ponto na Curva, a decisão se deu nos autos da ação civil interposta pelo Ministério Público Estadual (MPE), que apura a prática de atos de improbidade administrativa no processo de desapropriação da área ocupada pelo bairro Jardim Liberdade.
 
A indisponibilidade atinge ainda o empresário Alan Malouf, no valor de R$ 200 mil e Antonio Carlos Millas, no montante de R$ 500 mil.
 
Segundo o Ministério Público, diligências realizadas evidenciaram que o pagamento da desapropriação do imóvel conhecido por Jardim Liberdade, localizado nas imediações do Bairro Osmar Cabral, na capital, no valor total de R$ 31.715.000,00 à empresa Santorini Empreendimentos Imobiliários Ltda, proprietária do imóvel, se deu pelo propósito específico de desviar dinheiro público do Estado de Mato Grosso em benefício da organização criminosa liderada pelo ex-governador Silval da Cunha Barbosa.
De todo o valor pago pelo Estado pela desapropriação, metade, ou seja, R$ 15.857.000,00 retornaram via empresa SF Assessoria e Organização de Eventos, de Propriedade de Filinto Muller em prol do grupo criminoso.

Fonte:http://www.olhardireto.com.br


2
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo